18/02/2013 Abrasel defende idoneidade das empresas do setor de alimentação fora do lar

Diante da matéria “Conto do vigário até na picanha,” veiculada na edição 21.596, do Jornal O Popular (domingo, 17/2) a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel Goiás) ressalta que esta não é uma prática comum aos bares e restaurantes de Goiânia, e que busca orientar seus associados quanto às regras estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Como entidade que prima pelo crescimento do setor de alimentação fora do lar e da economia em Goiás,além da valorização da gastronomia regional, a Abrasel reforça ainda que os estabelecimentos devem estabelecer uma relação de confiança com seus clientes, garantindo a qualidade e a idoneidade dos produtos e serviços prestados.


Sendo assim, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel)

se coloca à disposição para maiores esclarecimentos sobre o assunto e agradece a atenção.


 

Cordialmente,

Rafael Campos Carvalho

Presidente

Abrasel Goiás