04/04/2013 Valor da refeição fora de casa teve aumento de 41% em Curitiba no ano passado

Hugo Harada/Gazeta do Povo /

Almoçar fora de casa, em Curitiba, está cada vez mais caro. Em 2012, o preço médio de uma refeição em um restaurante da capital paranaense exigiu um desembolso médio de R$ 21,34, preço que, desde 2011, aumentou quase 41%. As informações são da pesquisa Refeição da Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert) e foram divulgadas nesta terça-feira (2).

Dos quatro tipos de refeições analisadas, a mais cara delas em Curitiba é a opção “a la carte”, com um custo médio de R$ 42,96, seguido do prato executivo (R$ 32,18), refeição a quilo (R$ 23,6) e comercial (R$ 21,09).

No Sul do país, seis cidades foram incluídas no estudo, entre elas Curitiba, que, entre os municípios da região, apresenta o segundo maior valor médio das refeições, ficando atrás apenas de Joinville, em Santa Catarina.

Para o gerente executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Paraná (Abrasel-PR), Bruno Joly, o aumento considerável do custo da refeição em 2012 quando comparado ao ano passado se deve principalmente à variação dos preços dos insumos alimentícios utilizados nos restaurantes e também à escassez da mão de obra no setor, que gera uma valorização dos empregados.

“A mão-de-obra [em restaurantes] está escassa e teve que ser valorizada. Isso acaba refletindo, porque aumenta o custo do empresário”, explica Joly.

Dados

A pesquisa foi realizada entre os dias 1 de novembro a 3 de dezembro de 2012 e considerou os preços do prato feito ou comercial, da refeição a quilo, do prato executivo e da refeição “a la carte” em estabelecimentos que aceitam vouchers e cartões refeição, na hora do almoço.