20/06/12 - Delícia no prato fundo



A noite goianiense já está um pouquinho mais fria neste mês com a proximidade da entrada do inverno a partir de 22 de junho. A temperatura levemente mais baixa convida a experimentar uma sopa quentinha. Como o clima induz à sensação de fome é normal que no inverno queiramos comer algo mais calórico para nos sentir mais saciados. As sopas são opções saudáveis e têm baixo teor calórico.

Por aqui, o hábito é tomar sopa à noite, e há uma variedade delas com os mais diferentes ingredientes e incrementadas combinações, como afirma a cozinheira Rosália Soares dos Santos, há anos preparando sopas e caldos. “Mas nada impede que nas manhãs mais frias, principalmente na zona rural, o prato seja consumido pela manhã”, aconselha. Diferentemente dos caldos, que nada mais são do que uma variação mais simples da sopa e que tem como característica um mínimo de ingredientes, como os de milho e frango, feijão, palmito e queijo, camarão ou peixe, as sopas são mais completas porque têm uma variedade em legumes, hortaliças, cereais e carne.

A mais básica e comumente feita em casa é a que leva legumes e carne, que pode ser substituída por frango ou peixe. “Acrescentar o que quiser, mas se vai usar batata deixe de lado o macarrão e vice-versa”, aconselha e diz que não podem faltar pedaços de cenoura, chuchu, vagem, couve, repolho etc. São aceitos ainda o arroz e o feijão, dependendo do tipo de sopa e até couve-flor ou brócolis. A tradição é servir quente e acompanhada de pão francês. “Quem preferir um acompanhamento mais leve pode optar pelas torradas”, sugere.

Na hora de servir as sopas podem ser salpicadas com queijo ralado e até batata palha. Salpicar com cebolinha verde e salsinha, que intensificam o aroma e incrementam o tempero, também deixa o prato mais gostoso e condimentado. Quanto a estes, está tudo liberado. “Um tablete de caldo de galinha deixa um gosto especial no caldo da sopa”, assegura a cozinheira. Use sal, alho, açafrão, azeite para refogar os legumes cortados em cubo e até pimenta, se quem for comer gostar do paladar mais picante.

Quem gosta do caldo da sopa mais encorpado é só deixar os ingredientes cozinharem por mais tempo em fogo brando. Para uma sopa mais rala, mais água. Para preparar rapidamente, use a panela de pressão, que acelera o cozimento, porém tome o cuidado e observe o tempo de cozimento de cada ingrediente. O ideal é usar o garfo para saber se não estão duros ou moles demais. As receitas básicas de sopa podem ter incorporados ingredientes mais finos, tal qual um vinho para obter um prato mais requintado.

 

Fonte: Jornal O Hoje