18/10/2012 - Conselho de Turismo debate capacitação profissional para a Copa

 

Este segunda-feira, 15 de Outubro, o Conselho de Turismo debateu, na sede da Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), a qualificação profissional para administrar a Copa de 2014. “A Copa do Mundo deve girar em torno de US$ 180 bilhões no Brasil, sendo que somente de receita extra do turismo o valor será de US$ 6 bilhões”, afirma secretário de Estado para Assuntos da Copa. Confira a notícia

Conselho de Turismo debate capacitação profissional para a Copa

O colegiado de assessoramento, que congrega representantes do governo e de instituições representativas dos diversos segmentos do setor turístico, discutiu segunda-feira (15), na sede da Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio), a qualificação profissional para a Copa 2014. O presidente da Fecomércio, Darci Piana, lembrou que “o sistema S” tem proporcionado gratuitamente uma série de cursos visando a capacitação profissional para a Copa do Mundo.

O secretário de Estado do Turismo, Jackson Pitombo, fez um relato da política de Turismo no Paraná, abrindo oficialmente a 52ª Reunião do Conselho Estadual de Turismo. Ele citou a motivação que existe em todos os setores das atividades derivadas do Tturismo, lembrando da importância de alternativas como o turismo religioso. “Existem diversas vertentes neste setor e todas muito procuradas pelos turistas”. “Vamos dar atenção a todas as demandas, pois contamos com uma equipe técnica qualificada”, disse Pitombo.

 

O secretário de Estado para Assuntos da Copa, Mario Celso Cunha, falou sobre a preparação da Copa no Paraná, com foco no turismo. Segundo ele, Curitiba é a quarta cidade mais visitadas por turistas, seja no setor de negócios ou lazer, perde apenas para Rio de Janeiro, Salvador e Foz do Iguaçu. “A Copa do Mundo deve girar em torno de US$ 180 bilhões no Brasil, sendo que somente de receita extra do turismo o valor será de US$ 6 bilhões”, ressaltou.
A reunião do Conselho de Turismo contou com a participação da assessora especial do Ministério do Turismo, Suzana Dieckmann, que apresentou a nova responsável pelo programa Pronatec, Marcela Jeolas. “Estamos ofertando mais de 50 cursos gratuitos em diversas áreas do setor turístico, além de cursos de inglês, espanhol e libras”, disse Suzana. “É importante motivar o empresário para qualificar seus profissionais, pois a empresa receberá uma identificação atestando que o estabelecimento fez parte da preparação do país para a Copa 2014”, completou.
Até 2014 serão 240 mil vagas para capacitação profissional, sendo 80 mil vagas ofertadas para 2012. “O número de inscrições nos conforta, pois já passou de 370 mil inscritos e 60 mil pré-matriculados”, disse Suzana.

Existe também um viés voltado para a realização de cursos dentro das empresas, batizado como Pronatec In Company. A modalidade já atende profissionais em vários estados e também o Paraná será contemplado.

 

Participaram da reunião do Conselho Estadual de Turismo representantes das seguintes entidades: Abav, Abbtur, Abeta, Abih, Abraccef, Abrasel, ACP, Abrajet, AMP, BB, CEF, EcoParaná, Emater, FCVB, Fóruns de Turismo, IBQP, Ipardes, Itaipu Binacional, MTur, PRTur, Retur, Seab, Sebrae, Senac, Sedu, Seec, Seed, Seim, Sema, Sepl, Sesc, Senai, Setu, Sindegtur e Sindotel.

 

Fonte: Hnews - 16/10/2012